sexta-feira, 29 de julho de 2011

O Lírio

"O lírio significa 'eu te desafio a me amar'". Vou além. O lírio ultrapassa significados, porque ele tem voz própria; você só precisa aprender a desvendá-lo.
O lírio diz, quando está laranja, que é alegre, feliz e que confia no teu potencial. Se branco, pede com seu aroma silencioso para que seja admirado, porque irá desabrochar. Se roxo, transmuta energias ruins em boas. Se marrom e murcho, te olha de baixo para cima, pedindo que você o regue, toque suas pétalas e se esforce um pouco e veja que o ele ainda exala seu perfume. Entenda, o lírio sabe que é especial, mas precisa ser reconhecido.
O lírio é formoso, desafiador, elegante e sensível. O lírio cheira doce, é delicado e quieto. O lírio te observa e não se expressa, porque não quer ou não sabe como. Você confia nessa flor e sabe que, com o silêncio dela, ela não vai espalhar o segredos que você lhe confiou.
A única certeza é que o lírio não está em extinção, mas quando você tem certeza de que achou um, fica nervoso com a beleza das suas pétalas. Existem vários pelos campos, mas se o vento traz um até você, você não vai querer parar de regá-lo. E vai brigar com o vento, porque não vai querer que esse punhado de ar leve sua flor embora.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Fragmento

I dare you to love me.


Peguei os lápis de cor mágicos e pintei uma flor com as cores mais bonitas que encontrei.
Plantei a flor nos destroços e você me surgiu, sorrindo com os dentes e lábios mais bonitos que já vi.
"Não vou até a casa dos gatos sem você", eu disse.

E te puxei pelo braço, a caminho do amanhecer.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Um Meio Beatlemaníaco

"Let me take you down, 'cuz I'm going to strawberry fields..."

E foi assim que comecei. Ou que começamos, ou que começamos algo que já estava escrito nas estrelas que aconteceria. Ou talvez tenha sido só uma continuação. Você respondeu Oh, Darling!, e me arrependi de não ter escolhido uma música mais romântica. Por que não "I Will", "I Wanna Hold Your Hand" ou quem sabe "I've Just Seen a Face"?
Hoje, um ano, quatro meses e treze dias após essa mensagem from me to you, sei o motivo de ter escolhido Strawberry Fields Forever; foi para lá que te levei, no fim das contas.
Montei nosso próprio campo de morangos e desde então tudo se resume a guardanapos desenhados escondidos com meus fones de ouvidos quebrados. Fragmentos, desenhos, rascunhos, minha voz saindo do tom, passos, risadas e alianças, de prata ou de cumplicidade, foram reunidos e levados para um lugar só nosso, o nosso campo de morangos, sempre aconchegante, com referências a cultura pop, posters das personagens do Tarantino pelas paredes e fotos tiradas com a minha Polaroid espalhadas pelos cantos.
Vem o vento, bagunça os guardanapos e isso tudo vira Yesterday, e depois toca In My Life, seguida de Drive My Car.
Nossa trilha sonora varia, porque é assim o amor. Mas nunca me arrependi de ter embarcado no submarino amarelo para chegar até o strawberry fields eterno com você, porque te amo, yeah, yeah, yeah.

"You never know it hurt me so, how I hate to see you go!" (Don't Pass Me By)

P.S. I Love You